Squadra Consultoria: Assessoria, Consultoria e Treinamentos

Quais os custos administrativos na lei de incentivo à cultura?

Precisamos prever custos administrativos em nossos projetos, e você sabe que exemplos de despesas podem ser utilizadas neste item.
Conteúdo do post
Quais os custos administrativos no projeto da lei de incentivo a cultura?

Olá, aqui é a Schirley, coordenadora de Projeto na Squadra Consultoria, hoje falaremos sobre custos administrativos na lei de incentivo à cultura.

Mas antes de iniciarmos o vídeo de hoje, preciso pedir para que você, que ainda não é inscrito em nosso canal, que se inscreva e ative o sininho para receber com exclusividade as novidades que postamos em nosso canal.

Introdução da Lei de Incentivo a Cultura

A Lei de Incentivo à Cultura é uma ferramenta vital para fomentar atividades culturais em diversas regiões, proporcionando uma forma de financiamento que impulsiona a arte e a cultura locais. Um dos aspectos cruciais para o sucesso de projetos apoiados por esta lei é a compreensão e a gestão eficiente dos custos administrativos. Neste artigo, exploraremos o que são esses custos e como eles impactam os projetos culturais.

O que são Custos Administrativos?

Custos administrativos referem-se às despesas necessárias para a administração de um projeto. No contexto de projetos culturais, eles podem incluir gastos com pessoal administrativo, aluguel de escritório, materiais de escritório, serviços de contabilidade, entre outros. Esses custos são essenciais para manter a estrutura operacional do projeto, garantindo sua execução e conformidade legal.

Custos Administrativos na Lei de Incentivo à Cultura

Dentro do escopo da Lei de Incentivo à Cultura, há normas específicas que determinam como os custos administrativos devem ser calculados e limites sobre quanto do orçamento do projeto pode ser destinado a eles. Conhecer esses limites é fundamental para garantir a aprovação e o financiamento do projeto, além de assegurar que os recursos sejam utilizados de maneira eficaz, maximizando o impacto cultural.

Gestão Eficiente dos Custos Administrativos

Uma gestão eficiente dos custos administrativos não apenas cumpre com as exigências legais, mas também assegura que uma maior parcela do orçamento seja direcionada para as atividades-fim do projeto. Planejar e monitorar esses custos de forma rigorosa pode evitar desperdícios e otimizar o uso dos recursos disponíveis, ampliando os benefícios culturais e sociais do projeto.

Casos de Sucesso e Erros Comuns

Analisar casos de sucesso e erros comuns pode proporcionar insights valiosos para gestores de projetos culturais. Projetos que demonstram uma administração financeira sólida e transparente tendem a obter melhores resultados e maior reconhecimento. Por outro lado, a negligência na gestão dos custos administrativos pode levar a dificuldades financeiras, problemas legais e até mesmo ao fracasso do projeto.

Os custos administrativos desempenham um papel crucial na execução de projetos apoiados pela Lei de Incentivo à Cultura. Uma gestão atenta e eficaz desses custos é essencial para o sucesso do projeto, assegurando que os recursos sejam utilizados da melhor maneira possível para promover a cultura e a arte.

Mas afinal, Quais os custos administrativos na lei de incentivo à cultura?

Um produtor cultural, artista ou instituição, como um museu ou teatro, por exemplo, que planeja fazer um evento cultural – um festival, uma exposição, uma feira de livros, entre outros, para tornar sua ideia ainda mais atrativa para patrocinadores, pode submetê-la à análise da Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania para receber a chancela da Lei de Incentivo à Cultura.

A inscrição de um projeto na Lei de Incentivo à Cultura é feita pelo Sistema de Apoio às Leis de Incentivo à Cultura (Salic).

Precisamos prever custos administrativos na Lei de incentivo à cultura (em nossos projetos), e você sabe que exemplos de despesas podem ser utilizadas neste item e como emprega-los?

Bom, os custos administrativos na Lei de Incentivo à Cultura não poderão ultrapassar o limite de 15% (quinze por cento) do Valor do Projeto, sendo admitidas como despesas de administração para os fins do Decreto nº 5.761, de 2006 os seguintes itens:

  • I – material de consumo para escritório;
  • II – locação de imóvel durante a execução do projeto a fim de abrigar exclusivamente atividades administrativas;
  • III – serviços de postagem e correios;
  • IV – transporte e insumos destinados a pessoal administrativo;
  • V – contas de telefone, água, luz ou de internet, durante a execução do projeto;
  • VI – pagamentos de pessoal administrativo e os respectivos encargos sociais, trabalhistas e previdenciários.

Quanto vai custar o projeto?

Após um planejamento detalhado das atividades, pode-se perguntar quanto custará o projeto, quando se darão as despesas e quando os recursos deverão estar disponíveis.

O orçamento é um resumo ou cronograma financeiro do projeto, no qual se indica como e quando serão gastos os recursos e de que fontes eles virão.

Você pode estimar os custos depois que você atribuir os recursos.

Lembre-se de que você já poderá conhecer as pessoas que irão participar do projeto ou você já poderá ter utilizado e atribuído nomes genéricos ou os tipos de recursos de que você necessita.

A estimativa de custos deve ser feita com muito cuidado e com o maior nível de detalhes possível.

São esses números que irão determinar se o projeto será viável ou não do ponto de vista econômico e financeiro. 

Ficou com alguma dúvida sobre Quais os custos administrativos na lei de incentivo à cultura? Fale conosco, podemos te auxiliar.

custos administrativos

captação de recursos como escrever projetos culturais como funciona a lei rouanet convênio convênio federal cultura e esporte curso elaboração de projetos curso online captação de recursos curso online siconv curso plataforma mais brasil curso siconv curso transferegov Destaques elaborando projetos culturais elaborar projeto de filme na lei de incentivo a cultura elaborar projeto de musica lei rouanet elaborar projeto esporte Elaborar projeto Lei Estadual ao Esporte no Rio de Janeiro elaborar projeto webshow elaboração de projetos elaboração de projetos culturais fazer projeto de esporte fazer projeto de filme fazer projeto de musica fazer projeto esporte fazer projeto na lei de incentivo a cultura fazer projeto site lei de incentivo a cultura fazer projeto webserie fazer um projeto social Incentivo a Cultura lei 13.019 lei 13019 lei de incentivo ao esporte lei de incentivo à cultura lei estadual incentivo a cultura lei novo marco regulatório terceiro setor lei rouanet live de projetos esporte live esporte plataforma mais brasil projeto cultural projeto esportivo siconv terceiro setor transferegov

Gostou do Post?
Compartilhe agora mesmo:
Blog - Squadra Consultoria
empresas patrocinadoras

Empresas que já Investiram em Projetos de Captação de Recursos

Empresas que investiram em Projetos de Captação de Recursos de nossos clientes e alcançaram resultados extraordinários.

BAIXE O E-BOOK

*Siga no Instagram para receber o e-book no seu e-mail.

E-book de Captação de Recursos
Qual o assunto você tem mais interesse?

Siga-nos no instragram para receber o e-book no seu e-mail