Quais as formas de contratação na Lei de Incentivo Cultura?

Lembre de planejar com muito cuidado as contratações para prever todas as despesas acessórias.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Quais as formas de contratacao na Lei de Incentivo a Cultura
O atributo alt desta imagem está vazio

Quais as formas de contratação na Lei de Incentivo Cultura.

Olá, aqui é a Schirley, coordenadora de Projeto na Squadra Consultoria, hoje vamos conversar um pouco sobre as formas de contratação que você pode ter em seu projeto cultural, aprovado junto a Lei de Incentivo a Cultura.

Mas antes de iniciarmos o vídeo de hoje, preciso pedir para que vc, que ainda não é inscrito em nosso canal, que se inscreva e ative o sininho para receber com exclusividade as novidades que postamos em nosso canal.

Principal ferramenta de fomento à Cultura do Brasil, a Lei de Incentivo à Cultura contribui para que milhares de projetos culturais aconteçam, todos os anos, em todas as regiões do país.

Aproveita e assista alguns links de vídeos onde falarmos sobre a Lei de Incentivo a Cultura e Elaboração de Projetos no Canal da Squadra Consultoria no Youtube.

Muito bem, você está executando seu projeto e agora precisa partir para as contratações, seja de Prestação de Serviços, como de Profissionais.

Inicialmente você precisa saber que é obrigatória a apresentação de todo documento fiscal que comprove as despesas na Prestação de Contas, ou seja, cada serviço ou produto precisa estar acompanhado de Nota Fiscal.

Mas como firmar parcerias com os profissionais no seu projeto aprovado?

A montagem da equipe de trabalho é peça-chave para o sucesso de qualquer empreendimento, bem como a correta aquisição dos equipamentos.

Você precisa buscar por profissionais que sejam competentes, comprometidos e colaborativos.

É um grande desafio que começa a ser encarado já na decisão sobre quais serão as formas de contratação que o projeto irá adotar.

Você pode contratar os profissionais por meio de Carteira assinada, por exemplo e prever todos os encargos trabalhistas em seu projeto.

Pode também apenas fazer um contrato de Prestação de Serviços, ou seja, mensalmente você pode pedir ao seu Profissional emitir Nota Fiscal e Relatório de Atividades.

O RPA, Recibo de Pagamento de Autonomo também pode ser utilizado, e as obrigações patronais também podem ser previstas em seu Projeto.

Da mesma maneira, em cada produtos que você adquirir, conforme a complexidade, você pode emitir um Contrato para Fornecimento deste materiais.

Apenas se lembre de planejar com muito cuidado as contratações para prever todas as despesas acessórias, isto pode evitar muita dor de cabeça no futuro e não causar despesas extras em seu projeto.

Ficou com alguma dúvida na elaboração de seu projeto cultural?

Fale conosco, podemos te auxiliar.

Squadra Consultoria

Artigos Relacionados

Comente Sobre o Conteúdo

Cursos Online

Cursos Presenciais

Nossos Serviços

Últimos Artigos

Participe do nosso grupo no WhatsApp