Fazer plano anual e plurianual na Lei de Incentivo Cultura?

As propostas deverão ser apresentadas até o dia 30 de setembro do ano anterior.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Como fazer um plano anual e plurianual na Lei de Incentivo a Cultura
O atributo alt desta imagem está vazio

Fazer plano anual e plurianual na Lei de Incentivo Cultura.

Aqui é a Schirley, coordenadora de projetos na Squadra Consultoria.

Mas antes de iniciar, por favor, se inscreve em nosso canal e ativa o sininho para receber as notificações com exclusividade.

Saiba como funciona a Lei de Incentivo a Cultura

A Lei também contribui para ampliar o acesso dos cidadãos à Cultura, já que os projetos patrocinados são obrigados a oferecer uma contrapartida social, ou seja, eles têm que distribuir parte dos ingressos gratuitamente e promover ações de formação e capacitação junto às comunidades.

Principal ferramenta de fomento à Cultura do Brasil, a Lei de Incentivo à Cultura contribui para que milhares de projetos culturais aconteçam, todos os anos, em todas as regiões do país.

Por meio dela, empresas e pessoas físicas podem patrocinar espetáculos – exposições, shows, livros, museus, galerias e várias outras formas de expressão cultural – e abater o valor total ou parcial do apoio do Imposto de Renda.

Pessoas Físicas podem abater até 6% do IR devido e Pessoa Jurídicas até 4% do IR devido.

As instituições culturais sem fins lucrativos poderão apresentar propostas culturais visando ao custeio de atividades permanentes, na forma de plano anual ou plurianual de atividades.

As propostas deverão ser apresentadas até o dia 30 de setembro do ano anterior ao do início do cronograma do plano anual ou plurianual de atividades, assim como seu custo total adequado para a execução no prazo de 12 (doze), 24 (vinte e quatro), 36 (trinta e seis) ou 48 (quarenta e oito) meses, coincidentes com anos fiscais subsequentes.

No caso de homologação de planos anuais ou plurianuais de atividades, novas propostas para o(s) mesmo(s) ano(s) fiscal(is) serão admitidas somente em caráter de excepcionalidade, devidamente justificadas pelo proponente e desde que o orçamento não se sobreponha a itens orçamentários já incluídos e aprovados.

Quer conhecer mais sobre a Lei e como elaborar Projetos para Captar recursos por meio dela, confere os vídeos do nosso canal.

Mas claro, se ficou com alguma dúvida, deixa seu comentário, estaremos a disposição para te auxiliar.

Squadra Consultoria

captação de recursos como escrever projetos culturais como funciona a lei rouanet custos administrativos do projeto custos da captação recursos Depoimento Cursos Incompany Depoimento Cursos Online Depoimento Cursos Presenciais Depoimento Projetos Depoimento Serviços despesas no projeto lei de incentivo a cultura destaque elaborando projetos culturais elaborar projeto de dança elaborar projeto de filme na lei de incentivo a cultura elaborar projeto de musica lei rouanet elaborar projeto esporte elaborar projeto pronas elaborar projeto webshow elaboração de projetos elaboração de projetos culturais fazer projeto de dança fazer projeto de esporte fazer projeto de filme fazer projeto de musica fazer projeto esporte fazer projeto na lei de incentivo a cultura fazer projeto site lei de incentivo a cultura fazer projeto webserie fazer um projeto social Incentivo a Cultura lei de incentivo a cultura lei de incentivo ao esporte lei de incentivo à cultura lei estadual incentivo a cultura lei rouanet live de projetos esporte live esporte projeto cultural pronon e pronas qual o custo de captar recursos na lei rouanet saiba elaborar um projeto na lei de incentivo a cultura Salic siconv terceiro setor

Artigos Relacionados

Comente Sobre o Conteúdo

Cursos Online

Cursos Presenciais

Nossos Serviços

Últimos Artigos

Participe do nosso grupo no WhatsApp